top of page

Setembro Amarelo — Como lidar com a saúde mental no ambiente de trabalho?


O assunto é delicado, é desconfortável, em algumas vezes negligenciado, mas está presente. Não adianta negá-lo. A saúde mental no ambiente de trabalho é fundamental!


É crucial reconhecer que situações e ambientes de trabalho negativos, onde a pressão por resultados e entregas é elevada, podem agravar o equilíbrio emocional, causar estresse e exaustão em profissionais. Essas situações podem levar o profissional a quadros de burnout, de depressão severa e que podem vir acompanhados de ideações suicidas!


Por isso, empresas e líderes desempenham um papel fundamental na prevenção do suicídio entre seus funcionários e na proteção de suas equipes contra o isolamento e o esgotamento físico e mental. Infelizmente, nem sempre a valorização do ser humano vem antes da preservação dos interesses comerciais e da imagem da organização.


É hora de assumir um compromisso real de implementar novas práticas de trabalho, de incorporar os valores que são discutidos em palestras e entrevistas, e de se comprometer a transformar o ambiente de trabalho! Não basta apenas se dizer uma empresa consciente, é preciso ser!


Não existe um modelo único e “certo” para o futuro do trabalho, mas certamente há um modelo errado: aquele que envolve abuso, pressão, imposição de poder, desumanização, arrogância, busca pelo lucro a qualquer custo e desrespeito pelas diferenças. Esse modelo precisa ser deixado para trás.




A realidade do mundo do trabalho é desafiadora, e às vezes nos sentimos perdidos, mas não estamos sozinhos nessa jornada. É importante pedir ajuda e oferecer ajuda aos outros.


Às vezes, vemos um colega de trabalho passando por uma fase difícil, se isolando e enfrentando abusos no ambiente de trabalho, mas decidimos não nos envolver. No entanto, é importante compreender que a responsabilidade pelo bem-estar das pessoas no ambiente de trabalho não é apenas da empresa. Todos nós compartilhamos a responsabilidade por nossa comunidade de trabalho.


Afinal, a “empresa” não se descola das “pessoas”, precisamos entender que nós também somos parte desse ecossistema e devemos valorizar os colegas de trabalho. Todos nós podemos ter um impacto positivo na vida de quem está ao nosso redor!


Devemos ser mais acessíveis, mais gentis, mais gratos, mais compassivos, mais empáticos, mais humanos. Todos os dias nós estamos sujeitos a momentos de instabilidades e todos nós precisamos de ajuda!


Procure ajuda, sempre!

Se você sentir que precisa de ajuda, ou estiver com ideações suicidas, e não souber a quem recorrer, ligue para o número 188 e fale com um profissional do Centro de Valorização da Vida. Não sinta vergonha ou se julgue por isso. Basta fazer a ligação, o CVV está disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana.


Fale com o CVV também pelo site institucional, por lá você encontra um chat para conversar com os profissionais sempre que precisar.


Você também pode buscar a ajuda dos Caps, Centro de Atenção Psicossocial, da sua cidade. Por lá você consegue um acompanhamento gratuito com profissionais de diversas áreas!


Em certos momentos, além do apoio das pessoas ao nosso redor, é necessário buscar a ajuda de um profissional especializado.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page